domingo, 25 de novembro de 2007

O surpreendente espumante Dal Pizzol

Dentre todos os tipos de vinho que conheço, o que mais me seduz são sem dúvida os espumantes. Trata-se de uma bebida leve, festiva, na qual parece existir uma aura de vitória, de conquista e de prazer. Às vezes brinco que são os meus "refrigerantes preferidos", pois chego ao exagero de beber todos os dias quando estou de férias ou viajando em um feriado prolongado.

O fato é que eu venho comprando e experimentando muitos tipos de espumantes, especialmente os nacionais. Há anos sou fã dos Cave Geisse, do brut ao terroir, todos muito equilibrados, refrescantes e gostosos. Para mim, este sempre foi o melhor espumante nacional, competindo apenas com o Marson, mas sempre com uma certa distância de vantagem.

Nos últimos tempos, no entanto, tenho me surpreendido com a qualidade dos espumantes da Dal Pizzol, vinícola que visitei há alguns anos e que, para mim, sempre foi sinônimo de vinhos apenas medianos (para não dizer medíocres). Quando falo dos espumantes surpreendentes, me refiro aqui ao brut produzido pelo método tradicional e também ao rosê, certamente o melhor do gênero no Brasil, conforme pude constatar em uma degustação de espumantes nacionais na Sbav de São Paulo, meses atrás, quando os principais produtores do Brasil apresentaram os seus melhores produtos.

Sobre o Dal Pizzol Brut Método Tradicional, tenho a dizer que se trata de um espumante tão bom quanto o Cave Geisse Brut, com ótimo aroma, remetendo a tostado, manteiga, um pouco de abacaxi, flores brancas, mel e, lá no final, um pouco de cravo também. Sua cor tende ao dourado, com excelente perlage, fazendo lembrar um legítimo champanhe.

Fica aqui a dica de um excelente espumante nacional, talvez o melhor na atualidade produzido em terras brasileiras. A boa notícia é o preço: R$ 31 na vinícola ou nos distribuidores oficiais. Bem mais barato do que os concorrentes de qualidade semelhante.

Mais informações: http://www.dalpizzol.com.br/

3 comentários:

João Filipe Clemente disse...

Blogueiro novo, venho me espantando com a qualidade de alguns blogs sobre vinhos e gastronomia que tenho encontrado em minhas "viagens" pela rede. O seu é mais um e que, certamente, irá parar nos meus favoritos fazendo companhia a muita gente boa que por lá está.
Quanto ao Dal Pizzol, seu post só vem confirmar que tenho que comprar uma garrafa logo. Sou fã do Marson, Salton Evidence e do Excellence, este ultimo só de vez em quando em função do preço, mas está na hora de provar este.

João Filipe Clemente disse...

Mais uma fonte me ligou. O Chardonnay da Villa Francioni també disponível no Mondo di Vino do Shopping Tamboré por R$66,00! Baita diferença para o Empório Frei Caneca.

luis disse...

experimenta o cabernet savignon da Dal Pizzol...foi uma grande descoberta!
abs
Luís Thomé